A Terapia Cognitiva foi fundada no início dos anos 60 por Aaron Beck, Neurologista e Psiquiatra norte-americano. Beck propôs, inicialmente, um “modelo cognitivo da depressão” e que posteriormente evoluiu para a compreensão e tratamento de outros transtornos.

 

Essa abordagem é bastante específica, clara e direta. É utilizada para tratar diversos transtornos mentais de forma eficiente. Seu objetivo principal é identificar padrões de comportamento, pensamento, crenças e hábitos que estão na origem dos problemas,  indicando, a partir disso, técnicas para alterar essas percepções de forma positiva. A TCC se destina tanto ao tratamento dos diferentes transtornos psicológicos e emocionais como a depressão, ansiedade, transtornos psicossomáticos, transtornos alimentares, fobias, traumas, dependência química, entre outros.

Além disso, ela auxilia nas diversas questões que envolvem nossa vida como um todo, como: dificuldades nos relacionamentos, escolhas profissionais, luto, separações, perdas, estresse, dificuldades de aprendizagem, desenvolvimento pessoal e muitos outros.

A TCC é uma psicoterapia breve, voltada para a resolução de problemas e para o alívio de sintomas que estejam interferindo na qualidade de vida do paciente. É uma abordagem focada no presente, onde terapeuta e paciente atuam de forma colaborativa, como uma equipe. 

A TCC entende que nós sentimos e agimos a partir da forma como entendemos o mundo ao nosso redor. Sendo assim, as situações do dia a dia são neutras - nós é que atribuímos juízos de valor aos fatos. Avaliamos eventos externos e internos o tempo todo, e a partir dessa avaliação sentimos e nos comportamos de acordo com o que interpretamos. Sendo assim, se fazemos interpretações distorcidas dos fatos podemos agir de forma disfuncional. Por outro lado, a partir da modificação da forma como se pensa, é possível modificar a maneira de agir e sentir diante de situações. 

A partir da relação de troca de conhecimento entre o paciente e o terapeuta, a TCC visa compreender os padrões de funcionamento do paciente para, posteriormente atuar na mudança cognitiva (ou seja, na forma como o indivíduo avalia os acontecimentos à sua volta) e na mudança comportamental.

O QUE É A TERAPIA COGNITIVO COMPORTAMENTAL?

"SE NOSSOS PENSAMENTOS FOREM LIMPOS E CLAROS, ESTAREMOS MELHOR PREPARADOS PARA ALCANÇAR NOSSOS OBJETIVOS."

 

"PARE E DÊ UMA CHANCE PARA SI MESMO."

 

AARON BECK

KELLY S. CASTRO

Psicóloga Clínica

CRP 05/56958

© 2019 por Kelly S. Castro  criado com Wix.com